5 maneiras que um casamento sem sexo cobra seu preço

Estudos sugerem que pelo menos 15% dos casais estão em um casamento sem sexo. Um casamento sem sexo é definido como parceiros que não foram íntimos dentro de um período de 6 a 12 meses. Então, o que acontece com o seu casamento quando você e seu cônjuge não estão mais sendo íntimos juntos?

Ou você está insatisfeito com seu parceiro e não se sente à vontade para compartilhar uma vida sexual. Ou você é feliz feliz juntos e se perguntando de onde veio sua desconexão sexual. De qualquer maneira, a falta de intimidade pode ser dolorosa e frustrante tanto mental quanto fisicamente.

5 maneiras de um casamento sem sexo poder afetá-lo

Aqui estão cinco maneiras pelas quais um casamento sem sexo pode afetar sua saúde mental e seu relacionamento, além de conselhos sobre o que fazer quando você e seu cônjuge não são mais íntimos juntos.

1. Ascensão das tentações

É praticamente desnecessário dizer que, quando você não está sendo íntimo de seu parceiro, está perdendo um vínculo importante. Suas necessidades emocionais e físicas não estão sendo atendidas. Isso pode fazer com que você questione seu comprometimento com a fidelidade.
Quando seu parceiro não quer mais ter intimidade com você, isso pode fazer você se sentir incrivelmente solitário e deprimido. Isso deixa você vulnerável a ter um caso extraconjugal, o que complicará seu casamento e provavelmente prejudicará todas as partes envolvidas.

2. Reduz Intimidade Emocional

Em um estudo amostral realizado pelo Projeto Famílias Florescentes, 355 casais discutiram a intimidade emocional e sexual em relação à satisfação no relacionamento. Os resultados mostraram que uma vida sexual satisfatória previu significativamente a intimidade emocional aumentada entre os parceiros.

A intimidade emocional é muito importante para o seu relacionamento. Ele liga você como um casal e torna o sexo mais agradável. Contribui até para o sucesso da sua amizade conjugal. É o que incentiva você a estar perto de seu cônjuge e compartilhar coisas com ele.

Quando a intimidade física está faltando, sua conexão emocional sofrerá.

3. Destrói a confiança

A oxitocina liberada durante os momentos físicos, e especialmente após o orgasmo, mostrou aumentar a confiança entre os parceiros. Isso é importante, pois a confiança é o que nos ajuda a nos sentirmos conectados aos nossos cônjuges. Isso nos permite sentir-nos confortáveis ​​e seguros em nossos relacionamentos.

A relação entre confiança e intimidade faz sentido quando você considera que durante o sexo você está dando ao seu parceiro a liberdade e o consentimento para explorar seu corpo e lhe dar prazer. É uma experiência profundamente pessoal que você compartilha com seu parceiro. Quando esta experiência está faltando, sua confiança em seu cônjuge pode diminuir.

Se o seu cônjuge perdeu o interesse em sexo, você também pode começar a questionar a sua lealdade a você. Você pode se perguntar se eles não estão interessados ​​em manter uma vida sexual saudável com você, porque eles estão perseguindo seus desejos com outra pessoa. Tal pensamento pode danificar um casamento.

4. Ruína sua auto-estima

Quando você é íntimo do seu cônjuge, você se sente incrível. Você se sente sexy e desejado pelo seu parceiro. Isso lhe dá um impulso agradável ao ego. No entanto, quando essa intimidade está faltando, pode causar sua auto-estima a despencar. Você pode começar a pensar que é feio, indesejável ou que seu cônjuge não é mais atraído por você. Isso pode causar sua saúde mental a sofrer.
Questionar sua autoestima pode desencadear a depressão.

Uma vez deprimido, você começará a sentir-se desmotivado, desamparado, perderá o interesse por atividades, poderá começar a se desgostar, sentir-se fatigado, irritado e poderá até começar a escolher um comportamento imprudente.

5. É embaraçoso

Você está fora com seus amigos e alguém puxa um quiz “Quão selvagem é sua vida sexual?” Como uma piada boba. Todo mundo começa a discutir seus encontros mais quentes ou relatar histórias sobre se esgueirar em um momento íntimo enquanto as crianças estavam fora. Você é deixado lá para temer a discussão da mesa-redonda que vem do seu jeito.

Não ter uma vida sexual saudável com seu parceiro dói. Desde que a pesquisa prova que o sexo faz você se sentir socialmente incluído, a realidade da sua vida íntima pode ser embaraçosa. Isso é verdade mesmo que ninguém saiba o que está acontecendo a portas fechadas.

Você pode começar a se perguntar o que está errado com seu cônjuge. Você pode começar a pensar que seu relacionamento não é normal – especialmente se foi seu marido quem perdeu o interesse pelo sexo.

O que fazer quando você está em um casamento sem sexo

Estar em um casamento feliz e sem sexo pode ser igualmente, se não mais frustrante do que estar em um relacionamento infeliz. Se você e seu cônjuge estão loucamente apaixonados e passam tempo juntos, uma parte importante de seu relacionamento, por que você não está se conectando em um nível sexual?

Se você se dá bem ou não, é importante chegar à raiz dos problemas em sua vida sexual. Aqui estão duas maneiras simples de começar a controlar seu casamento e sua saúde mental.

A comunicação é a espinha dorsal de qualquer casamento forte. Estudos mostram que a comunicação sexual está positivamente correlacionada com a qualidade do relacionamento e satisfazendo a vida sexual. Os casais devem aprender a falar sobre o que os incomoda para crescer e fortalecer seu relacionamento.

Obter ajuda. Nem todo mundo está confortável em compartilhar os meandros de suas vidas com um completo estranho, mas a terapia pode ser extremamente útil. Se você está participando com sua esposa ou a solo, um conselheiro pode ajudar você a entender o que está acontecendo em seu relacionamento.

Há também cursos on-line sobre casamento, como os que eu estou associado, disponíveis para ensinar casais a fortalecer a intimidade, impulsionar a comunicação e melhorar a empatia.

Não compartilhar uma vida sexual com a pessoa que você prometeu gastar para sempre pode ser uma experiência triste e frustrante, mas ela não precisa continuar assim. Comunique-se abertamente com seu cônjuge sobre os problemas que você está tendo. Terapia conjugal, trabalhando juntos e passar tempo de qualidade juntos podem aumentar sua intimidade física e emocional.


Psicólogo Gratuito